Recomendação oficial FEBRASGO junto ao CFM acerca de idade gestacional na interrupção de gravidez

Quarta, 05 Outubro 2022 11:54

Recomendamos aos médicos realizarem todos os esforços para que o abortamento previsto em lei, de gestações que resultem de violência sexual, seja realizado nas etapas mais precoces da gestação e, sobretudo, antes de 22 semanas de idade gestacional.

O médico deve ser imparcial, acolher, não emitir julgamentos e informar para a gestante todos os seus direitos.

Na impossibilidade local para realizar o abortamento previsto em lei, a gestante deve ser encaminhada, com a maior brevidade possível, para outro serviço que reúna as condições para efetuar o procedimento.


Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site