Notícias

Luiz Camano (1932 – 2020)

Quarta, 19 Fevereiro 2020 10:24

Luiz Camano nasceu aos 21 de maio de 1932 na cidade de São Paulo. Filho de Núncio e Arminda Camano. Graduou-se pela Escola Paulista de Medicina (EPM), hoje, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 1956. Fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia na Casa Maternal da Legião Brasileira de Assistência (1956-1957). Dedicou-se à carreira universitária na EPM, obtendo o Doutorado, em 1968, com a tese Contribuição para o Estudo Histoquímico do Muco do Epitélio Vaginal da Rata (Rattus norvegicus albinus, Rodentia Mammalia), no Ciclo Estrial, na Prenhez e na Pós-Parturição, sob a orientação do Prof. Wilson da Silva Sasso. Obteve a Livre-docência, em 1973, e galgou a condição de Professor Titular de Obstetrícia em 1982, atuando nessa função por 20 anos. Teve participação efetiva na formação de inúmeros docentes que, hoje, constituem escola obstétrica importante no cenário nacional.

No Departamento de Obstetrícia da Escola Paulista de Medicina estimulou alunos a seguirem seus passos como obstetras e docentes. Criou uma Escola em que seus eternos alunos e amigos  darão continuidade  ao seu pensamento.

Foi médico obstetra na Casa Maternal Leonor Mendes de Barros, na Maternidade João Dauy D’Oliveira, na Clínica Ginecológica da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. E exerceu atividades como obstetra em Clínica Privada, sendo respeitado e amado por seus colegas e pacientes.

Era figura exemplar e ímpar. Criou frases e termos “Camanísticos”, que serão citados por muitos de nossa área e por muito tempo: “O professor tem que saber fazer, fazer e ensinar a fazer”; “Não existe assunto esgotado, existe pesquisador cansado”; “Quem sabe, tem o poder de síntese”, “Um professor Titular não pode conhecer apenas a árvore, tem que conhecer a floresta inteira”;”A função de um coordenador de mesa é semelhante á de um sutiã: ele deve conter os impetuosos e levantar os caídos”.

Foi orientador ou co-orientador de 72 teses de mestrado e de 33 de doutorado. Participou de diversas bancas examinadoras, sendo 18 dissertações de mestrado; 24 teses de doutorado; 13 de livre-docência; 11 de professor titular e 05 de concursos públicos para docentes.

Luiz Camano publicou 8 livros, 168 capítulos em livros; 519 artigos em revistas; e 41 resumos em anais em congressos. Participou 425 eventos e atuou na comissão organizadora de outros 16.

Ele recebeu prêmios, homenagens e comendas.

Foi casado em primeiras núpcias com Dra Ana Carolina Camano com quem teve três filhas: Ana Cristina, Ana Paula e Ana Cláudia e em segundas núpcias com a companheira Leonor Barbosa, que o incentivou e acompanhou até o final.  

A Obstetrícia está em luto! O Departamento de Obstetrícia da EPM vai sentir muito sua falta, mas tentaremos conseguir manter  o que aprendemos com ele: Gostar de ensinar Obstetrícia.
 

Rosiane Mattar

Profa Titular Departamento de Obstetrícia – EPM – Unifesp
Rosiane.toco@epm.br

 


Deixe um comentário

Mais sobre o assunto

NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de nosso querido ...
Telemedicina em meio à Pandemia

Telemedicina em meio à Pandemia

Por meio da Lei 13989/2020, o uso de telemedicina foi aprovado ...
FEBRASGO participa de reunião da AMB sobre Telemedicina

FEBRASGO participa de reunião da AMB sobre Telemedicina

A Associação Médica Brasileira (AMB) realizou, em març...