Notícias

Pela Defesa e Valorização Profissional

Terça, 14 Janeiro 2020 17:01

Tendo em vista a divulgação pelo Conselho Federal de Enfermagem de curso de capacitação em ultrassonografia para enfermeiras obstetras do Hospital Sofia Feldman em Minas Gerais, a Comissão de Defesa e Valorização Profissional da FEBRASGO prontamente protocolou ação civil pública em defesa do respeito ao ato médico e à assistência. A FEBRASGO é reconhecida e credenciada pela AMB, para a certificação como área de atuação em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia, no território nacional, por força de lei, e tem o dever de preservar o padrão de qualidade e formação, nesta área, bem como assegurar o melhor interesse da segurança da população usuária destes serviços.

A capacitação de não médicos, por não médicos, em exames especializados como a ultrassonografia obstétrica representa clara violação à lei do ato médico e expõe as pacientes a riscos de erros e de retardos nas condutas adequadas. Parecer do CFM número 35/2017 já afirma que a produção de imagem em tempo real, como no exame ultrassonográfico, pode levar à tomada de conduta imediata, o qual não sendo realizada por médico, pode causar perda de tempo para a resolução do caso com bom resultado. As gestantes tem condições específicas e vulneráveis, que demandam uma avaliação cuidadosa e uma conduta médica adequada, muitas vezes determinada a partir do resultado do exame de ultrassonografia. Para tanto, o médico capacita-se em mais de 2.500 horas de ensino, enquanto que, para o profissional de enfermagem, o treinamento limitar-se ia a menos de 10% desta carga horária, além de oriundo de uma formação com objetivos e treinamentos diversos.

A saúde da população deve ser levada a sério, com trabalho multidisciplinar e integrado, sem invasão de competências e de habilidades. A FEBRASGO valoriza enormemente a enfermagem e inclusive entende que assim protege a todos, principalmente a sociedade, de exercício indevido da Medicina e dos enormes riscos envolvidos. A ação foi protocolada na 14ª Vara Federal do Distrito Federal e pode ser acompanhada pelo número do processo: 1001457-69.2020.4.01.3400.


Febrasgo – em defesa e valorização da ginecologia e obstetrícia no Brasil


Deixe um comentário

Mais sobre o assunto

Ex-presidentes se reúnem para discutir conquistas e novos horizontes para a Febrasgo

Ex-presidentes se reúnem para discutir conquistas e novos horizontes para a Febrasgo

O atual presidente da Febrasgo, Dr. Agnaldo Lopes, se reuniu ...
Reunião da nova diretoria da FEBRASGO para gestão 2020-2023

Reunião da nova diretoria da FEBRASGO para gestão 2020-2023

Para marcar o início dos trabalhos da nova gestã...
Novo canal de comunicação direta da FEBRASGO com os seus associados

Novo canal de comunicação direta da FEBRASGO com os seus associados

Agora todos os associados terão a oportunidade de se ...