Notícias

FEBRASGO - 59 ANOS

Quinta, 11 Outubro 2018 13:41

Um pouco da história da maior associação de Ginecologia e Obstetrícia da América Latina, que, em 2019 comemorará seis décadas em defesa da especialidade, de seus especialistas e da saúde da mulher

A FEBRASGO foi criada em 1959, mas exatamente em 30 de outubro. A fundação ocorreu na sede da Associação Médica de Minas Gerais, em Belo Horizonte, durante a XI Jornada Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. O nascimento de nossa Federação foi fruto do trabalho e da união, de colegas visionários, como Alberto Henrique Rocha (MG), Lucas Machado (MG), Hermínio Ferreira Pinto (MG), José Gallucci (SP), Cosme Guarnieri Netto (SP), Hugo Maia (BA), Adeodato Filho (BA), Adelmo Botto (BA), Antonio de Sá Leitão (PE), Alberico Câmara (PE), Mario Kamnitzer (RJ), João Paulo Rieper (RJ), Campos da Paz Filho (RJ), Fernando Machado Moreira (RS), Domício Pereira da Costa (PR), Etelvino Cunha (RN) e João Emílio de Macedo (PA), entre outros. Na oportunidade foi eleito presidente da Diretoria Provisória Alberto Frância Martins (SP). Aliás, no 30 de outubro, dia da fundação da FEBRASGO, comemoramos o Dia Nacional do Ginecologista e Obstetra.

A primeira reunião da Diretoria aconteceu em 15 de abril de 1960, na residência do presidente, à Rua Honduras, 280, São Paulo, onde foram eleitos os demais membros da Diretoria, por aclamação. Ficou assim constituída: Onofre de Araújo (SP) – vice-presidente, Waldemar de Souza Rudge (SP) – secretário geral, José Gallucci (SP) – tesoureiro e Cosme Guarnieri Netto (SP) – secretário adjunto.

 

AVANÇOS

Hoje a FEBRASGO é uma das sociedades científicas mais respeitadas e de maior credibilidade do mundo, tanto no campo científico quanto na defesa profissional. É admirada por sua postura ética e científica na educação continuada permanente.

O presidente César Eduardo Fernandes, comenta que a trajetória da Federação sempre foi focada em busca de avanços para os ginecologistas-obstetras e para a assistência em saúde à mulher. Mas também lembra que houve uma série de percalços, em especial no campo político, que exigiu uma postura firme e resiliente.

“Passamos por uma Ditadura no Brasil, época que mostramos resistência e segurança de propósitos. Depois, com o movimento das Diretas, a eleição de Tancredo e instauração da Assembleia Nacional Constituinte, participamos dos principais debates relacionados à saúde que redundaram em nossa Carta Magna e na criação do SUS, o Sistema Único de Saúde, garantindo a possibilidade de o brasileiro ter acesso a atendimento universal, integral e de qualidade”.

Já no universo científico, a atuação de excelência da FEBRASGO chama a atenção de organismos internacionais dos quais é parceira preferenciais: FIGO, FLASOG, OPS/OMS, UNICEF; de organismos governamentais: Ministério da Saúde e Ministério da Educação, e por aí segue.

Muito foi conquistado nestes 59 anos e muito ainda por fazer, pois a estrada é longa. Com o trabalho, a seriedade, a competência e a dedicação dos dirigentes e com o apoio dos associados, cada vez mais a FEBRASGO se fortalece e é preponderante para a saúde da mulher.



Deixe um comentário

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site