Terapia Hormonal em Sobreviventes de Câncer do Colo do Útero: Desconhecimento ou Omissão?

Sexta, 27 Janeiro 2023 18:14

ONCO NEWS 
Jesus Paula Carvalho

O câncer do colo do útero ocorre em mulheres jovens; 52% das pacientes com câncer do colo do útero tratadas no ICESP, tinham até 50 anos de idade.1 O tratamento dos carcinomas invasivos se faz por cirurgias e/ou radioterapia e quimioterapia concomitante. Na quase totalidade dos casos, as sobreviventes têm que conviver com a menopausa prematura decorrente do tratamento. Não existem contra-indicações de terapia hormonal para essa população por causa da neoplasia. O câncer do colo não depende de estímulos hormonais e a terapia de reposição pode ser feita tão logo termine o tratamento.

A perda da função hormonal ovariana traz consequências sérias na qualidade de vida destas mulheres, como sintomas de menopausa precoce, osteoporose, aumento de peso, doenças cardiovasculares, atrofia gênito-urinárias, etc. 2,3

Apenas 13% destas pacientes recebem um diagnóstico formal de menopausa precoce, e menos de 40% recebem algum tipo de prescrição de reposição hormonal. 4 Existem falta de acesso aos medicamentos e receio por parte dos médicos generalistas na prescrição de hormônios para sobreviventes de câncer.4,5 Mesmo naquelas que recebem orientação e prescrição, a duração da terapia costuma ser por curto espaço de tempo. 6

Urge mudar essa realidade!

Referências

  1. Nogueira Dias Genta ML, Martins TR, Mendoza Lopez RV, et al. Multiple HPV genotype infection impact on invasive cervical cancer presentation and survival. PLoS One 2017; 12(8): e0182854.
  2. Kurtoglu-Aksoy N, Akhan SE, Bastu E, et al. Implications of premature ovarian failure on bone turnover markers and bone mineral density. Clin Exp Obstet Gynecol 2014; 41(2): 149-53.
  3. Sullivan SD, Sarrel PM, Nelson LM. Hormone replacement therapy in young women with primary ovarian insufficiency and early menopause. Fertil Steril 2016; 106(7): 1588-99.
  4. Rauh LA, Pannone AF, Cantrell LA. Hormone replacement therapy after treatment for cervical cancer: Are we adhering to standard of care? Gynecol Oncol 2017; 147(3): 597-600.
  5. Buick DL, Crook D, Horne R. Women's perceptions of hormone replacement therapy: risks and benefits (1980-2002). A literature review. Climacteric 2005; 8(1): 24-35.
  6. Suzuki Y, Huang Y, Ferris J, Kulkarni A, Hershman D, Wright JD. Prescription of hormone replacement therapy among cervical cancer patients with treatment-induced premature menopause. Int J Gynecol Cancer 2023; 33(1): 26-34.

Mais conteúdos

Lançamento do livro Hormônios em Ginecologia marca o terceiro dia do 61º CBGO

Lançamento do livro Hormônios em Ginecologia marca o terceiro dia do 61º CBGO

Mortalidade infantil, câncer ginecológico e reunião da ...
Mulheres pretas com câncer do colo do útero têm mortalidade maior

Mulheres pretas com câncer do colo do útero têm mortalidade maior

De 2010 a 2019, 53,66% dos óbitos foram dessa população   No Dia ...

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site