Notícias

Febrasgo manifesta posicionamento sobre reportagem do portal UOL

Sexta, 12 Novembro 2021 12:58

São Paulo, novembro de 2021. A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) vem a público manifestar-se diante da reportagem intitulada Violência Obstétrica em Parto marca estreia de novela das 9: médico explica, veiculada pelo portal Universa/UOL, no dia 09 de novembro de 2021.

 

Primeiramente, cabe pontuar o uso da expressão violência obstétrica que tende a reforçar um imaginário pejorativo e preconceituoso sobre a prática da obstetrícia. O uso popular do termo pode abranger desde dificuldades de acesso a maternidades e serviços de saúde a até falta de educação e polimento de qualquer profissional no trato com a parturiente ou ainda condutas erradas, feitas sem indicação médica ou o consentimento da mãe. A importância da identificação específica e correta de eventuais práticas que gerem impacto negativo – físico ou psicológico – na gestante, parturiente e puérpera visa unicamente a devida apuração e responsabilização das partes envolvidas, bem como a adoção de medidas para coibir sua reincidência, sem incorrer na indevida culpabilização de uma categoria médica.

 

A reportagem comenta uma cena de teledramaturgia em que ocorreria a realização da manobra de Kristeller. A Febrasgo reforça que o procedimento não é recomendado, em nenhuma situação, por mostrar-se obsoleto, não gerando efeitos positivos para a parturiente. Pelos motivos apontados, o procedimento encontra-se em desuso, tampouco é ministrado na formação médica, há mais de 40 anos.

 

Por fim, a Febrasgo destaca que a profissional Ana Carolina Lucio Pereira não integra o corpo de porta-vozes da instituição, não estando apta a falar em nome dela, em qualquer hipótese, seja em âmbito técnico ou institucional.

 

Comissão de Defesa e Valorização da Febrasgo


Deixe um comentário

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site