Notícias

FIGO super banner 728x90

Anticoncepção no pós-parto

Quarta, 13 Setembro 2017 16:58
Embora seja mais difícil engravidar no período imediatamente após o parto, enquanto a mulher amamenta, devido aos hormônios que  circulam no organismo, uma gestação pode sim acontecer, e, por isso, é importante que a mulher converse com seu médico tão logo tenha tido o bebê, para que decida o modo como será feita a contracepção.

Existem pílulas que podem ser usadas  durante a fase de amamentação, pois são feitas somente à base de progestagênios. A lactante não pode fazer uso das pílulas tradicionais que combinam progestagênio e estrogênio, pois este último hormônio passa pelo leite, chegando ao bebê que não pode estar exposto à ação estrogênica.

É possível também a colocação de DIU (dispositivo intrauterino) 40 dias após o parto. Existem dois tipos de DIU: o de cobre e o hormonal. Ambos podem ser utilizados, sem prejuízo ou riscos para a amamentação ou para o bebê.

Além disso, os preservativos masculino e feminino são outras alternativas que conferem segurança para o casal durante esse período do pós-parto.

Deixe um comentário

Mais sobre o assunto

III Reunião de Editores da Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (RBGO)

III Reunião de Editores da Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (RBGO)

No dia 25 de Agosto de 2017, durante o XXII Congresso Paulista ...
Anticoncepção e Obesidade

Anticoncepção e Obesidade

Atualmente 40% da população mundial feminina encontra-se em sobrepeso e 15% ...
Anticoncepção e Ginecologia Infanto-Puberal

Anticoncepção e Ginecologia Infanto-Puberal

É de conhecimento geral o fato de que os adolescentes tê...
O FACEBOOK da mola

O FACEBOOK da mola

A internet tornou a troca de informações instantânea ...