Manifestação da FEBRASGO sobre abusos sexuais de médico do Ceará

Monday, 15 July 2019 20:08
A FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) é uma entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB) que tem no seu quadro associativo mais de 15.000 médicos Obstetras e Ginecologistas. Tem como seu propósito maior “Organizar e divulgar conhecimentos em ginecologia e obstetrícia para qualificar a atenção à saúde da mulher” e é responsável pela emissão dos Títulos de Especialistas em Ginecologia e Obstetrícia com validade em todo o território nacional.

Diante desta representatividade, com este propósito e ciente de sua responsabilidade perante os especialistas que representa, bem como com a sociedade civil, a Febrasgo vem a público para expressar seu forte repúdio com relação aos abusos cometidos pelo médico. José Hilson de Pailva, clínico geral da cidade de Ureburetama do Ceará, contra as suas pacientes. O tema tomou repercussão na imprensa a partir da denúncia feita pelo programa Fantástico da TV Globo, veiculada ontem, dia 14 de julho.

A Febrasgo aproveita esse nefasto episódio para expressar sua mais absoluta condenação a qualquer tipo de assédio de médicos à pacientes sob seus cuidados. Vale destacar ainda que o referido médico não tem o título de especialista nem registro na especialidade de Ginecologia e Obstetrícia nos órgãos competentes, não podendo, portanto, ser anunciado como tal.

Cumpre à Febrasgo, por oportuno, alertar a população para situações como essa, onde médicos não habilitados exercem, indevidamente, a especialidade.
Acontecimento isolado e desprezível como este não pode, por si, macular o atendimento gentil, acolhedor e respeitoso praticado pela imensa maioria de todos os ginecologistas do nosso país. Prova disso foram os resultados de uma pesquisa Data folha encomendada pela Febrasgo em que 95% das mais de 1.000 entrevistadas de todo o País manifestaram um alto nível de confiança em seu médico ginecologista.

A Febrasgo reitera o seu compromisso com as boas práticas que vem sendo empregadas pela imensa maioria dos Ginecologistas e Obstetras brasileiros e se solidariza com as vítimas deste episódio lamentável, esperando que o responsável seja julgado e punido pelas autoridades locais que já estão investigando o caso

São Paulo, 15 de julho de 2019.
Diretoria da Febrasgo

Leave a comment

Mais sobre o assunto

Conquistas da gestão

Conquistas da gestão

Estamos chegando ao final da gestão 2016-2019 com muitas ...
Violência obstétrica é assunto na imprensa

Violência obstétrica é assunto na imprensa

Nesses quatro anos, o assunto “violência obstétrica”, foi ...