FEBRASGO participa do Fórum sobre o Uso de Esteroides Androgênicos Anabolizantes promovido pelo CFM

Wednesday, 10 April 2024 09:33

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), participou do primeiro Fórum sobre o Uso de Esteroides Androgênicos Anabolizantes, organizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), no dia 3 de abril. O propósito do evento foi promover uma discussão abrangente sobre diversos elementos relacionados a essas substâncias, visando propor medidas para controlar o excesso em sua prescrição ou uso indevido.

 

Entre os temas abordados,  o distúrbio androgênico do envelhecimento masculino foi apresentado por Rodrigo Barros de Castro, da Sociedade Brasileira de Urologia, e o uso da terapia de reposição com testosterona em pacientes com obesidade apresentado por Rodrigo de Oliveira Moreira, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Na ocasião, a Dra. Maria Celeste Wender, presidente da FEBRASGO,  falou sobre a síndrome do desejo sexual hipoativo.

 

“Na FEBRASGO, temos uma postura de oposição aos implantes hormonais, tanto para a terapia hormonal da menopausa quanto para a contracepção, através das nossas Comissões especializadas. Não apoiamos o uso desses medicamentos hormonais manipulados, pois não há dados publicados sobre sua eficácia e segurança na literatura científica médica”, declarou a presidente durante o evento.

 

Também foram discutidos os efeitos adversos associados ao uso de esteroides anabolizantes. Médicos da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Sociedade Brasileira de Urologia, e Associação para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica, e outros, apresentaram e analisaram uma variedade de efeitos colaterais abrangendo diversas áreas, como cardiovasculares (tais como hipertensão arterial, aumento da adiposidade visceral, arritmias), hepáticos (incluindo aumento de enzimas hepáticas, esteatosis tóxica, neoplasia hepática), e infecciosos (como hepatites virais, abcessos, infecções sistêmicas e sepses), entre outros.

 

 

De acordo com a Dra. Celeste Wender, para avançar, precisamos pensar em relação aos pacientes que procuram esses hormônios, implementando uma busca ativa por efeitos adversos de forma eficaz. Ela reforça que as especialidades devem utilizar os canais existentes (SITE DA ANVISA) e criar novos para relatar efeitos adversos, visando orientar e informar a população, sendo  fundamental considerar tanto as violações éticas que podem ser encaminhadas aos Conselhos Regionais quanto outras violações . “Se um profissional prescreveu inadequadamente ou realizou uma intervenção prejudicial, causando danos graves ao paciente, isso deve ser reportado. Portanto, é fundamental debatermos esses temas em conjunto, com a participação de especialistas comprometidos com o mesmo propósito”, frisou a presidente.

 

Além disso, o evento também contou com a presença de Rui Alberto Ferriani, encarregado das relações institucionais da FEBRASGO e membro da Câmara Técnica de Reprodução Assistida do CFM. A participação do presidente da AMB, César Fernandes, e do presidente do CFM, José Hiran Gallo, também foi destacada.

 

 

Assista ao vídeo completo do Fórum clicando no link .

.

Clique aqui para ver a Carta de Brasília.

Clique aqui para ver a a programação do evento.




Mais conteúdos

Síndromes Hipertensivas da Gravidez

Síndromes Hipertensivas da Gravidez

As síndromes hipertensivas da gravidez representam a segunda principal ...

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site