Projeto ELA vai além e chega também aos consultórios dos associados

Wednesday, 10 July 2019 11:33

O nosso projeto exclusivo para cuidar da saúde da mulher – o ELA - ficou muito mais completo. A partir de agora ganhou novos produtos, com destaque para a revista ELA, com informações claras especialmente desenvolvidas para as pacientes. O seu foco são assuntos de interesse do nosso público como prevenção, tratamento, sexualidade, bem estar, nutrição, lazer e cultura. A periodicidade da revista é bimestral e já está sendo distribuída nos consultórios para vocês oferecerem às pacientes.

Para nós esse projeto é focado na qualidade e credibilidade na comunicação, garantindo notícias precisas, sem vieses, e de alta precisão científica, pois tem como fontes as Comissões Nacionais de Especialidades, as diretorias de Federadas, associadas e as próprias pacientes. No entanto, o objetivo do projeto é levar todo esse conteúdo de forma descomplicada e atrativa.

“Nosso objetivo é que o projeto ELA – que compreende o portal www.feitoparaela.com.br e a revista ELA – é ser um grande provedor de informações seguras e confiáveis quando o assunto for saúde feminina, que envolve o bem estar físico emocional e social”, reforça o Dr. Cesar Eduardo Fernandes, presidente da Febrasgo. O conteúdo deve passar pelas diferentes fases da vida do gênero feminino, desde a adolescência à menopausa, de questões de fertilidade à gravidez, das doenças aos diagnósticos e tratamentos.

ELA é um projeto social da FEBRASGO e tem como objetivo cuidar, defender e proteger a mulher brasileira compartilhando conteúdo sobre saúde feminina. Conteúdos e ações sociais com credibilidade de milhares profissionais para levar qualidade de vida às mulheres. O selo ELA sempre estará relacionado a produtos que respeitem e façam bem ao corpo feminino.

 


Leave a comment

Mais sobre o assunto

Conquistas da gestão

Conquistas da gestão

Estamos chegando ao final da gestão 2016-2019 com muitas ...
Violência obstétrica é assunto na imprensa

Violência obstétrica é assunto na imprensa

Nesses quatro anos, o assunto “violência obstétrica”, foi ...