Revistas

Métodos contraceptivos são a chave contra a gravidez na adolescência

Wednesday, 28 September 2022 11:55
Prevenção da Gravidez na Adolescência

A gravidez na adolescência é uma questão de saúde pública mundial. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 16 milhões de meninas entre 15 e 19 anos são mães todos os anos. 

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), no Brasil, 1 a cada 5 mulheres será mãe antes de finalizar a adolescência. A grande maioria das gestações de adolescentes são não desejadas ou não planejadas, cenário que pode ser facilmente revertido com o uso de anticoncepcionais. Desta maneira, fica claro que é imprescindível ressaltar a discussão sobre método anticoncepcional, em especial quando o assunto é  contraceptivo para adolescentes.

A ginecologista Ilza Maria Monteiro, vice-presidente da Comissão Nacional de Anticoncepção da Febrasgo, explica sobre os cuidados ao iniciar a medicação. “O ideal é que a adolescente receba orientação sobre o anticoncepcional para fazer uma escolha consciente do método que mais a atende. Há várias táticas, mas no caso da adolescente, a eficácia deve ser um dos fatores mais importantes”.

Todos os métodos têm um período de adaptação ou de aprendizado para que através de seu uso correto, o efeito contraceptivo seja o maior que o método pode oferecer. Nos primeiros meses de uso, estar perto de um profissional que saiba esclarecer as dúvidas com segurança, ajuda na continuidade do método” destaca Ilza.

“Para poder iniciar o método anticoncepcional não é necessário nenhum exame, sejam os exames laboratoriais ou até mesmo o preventivo para o câncer de colo de útero, como pensam algumas pessoas” salienta a ginecologista.

Vale destacar que não existe uma idade ideal para iniciar a medicação. Assim que a adolescente estiver sob risco de gravidez deve-se oferecer anticoncepção com alta efetividade. Adolescentes são o grupo de maior risco de gravidez não planejada devido a alta fertilidade dessa faixa etária. Segundo estudos, os métodos contraceptivos são seguros para adolescentes e a idade não impede o uso de nenhum método reversível.

 


Leave a comment

Mais sobre o assunto

NOTA OFICIAL FEBRASGO 25/11/22

NOTA OFICIAL FEBRASGO 25/11/22

A Febrasgo apoia os termos da nota de esclarecimento da ...
Diagnóstico tardio contribui para aumento de casos de câncer infanto juvenil em 8 anos

Diagnóstico tardio contribui para aumento de casos de câncer infanto juvenil em 8 anos

Diagnóstico tardio contribui para aumento de casos de câ...

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Aceitar e continuar no site