Vídeos

Planejamento estratégico traça plano de ação unificado para uma Nova FEBRASGO

Escrito por Terça, 27 Fevereiro 2018 10:01
Foram lançadas no Rio de Janeiro, em 18 e 19 de janeiro, no Hotel Grand Hyatt, as sementes para a consolidação de uma Nova FEBRASGO, ainda mais forte, mais sintonizada com as principais demandas dos ginecologistas e obstetras do Brasil, focada prioritariamente na valorização dos honorários e com influencia importante na construção das políticas públicas de saúde da mulher. Estes temas, aliás, marcaram boa parte dos debates do Planejamento Estratégico 2018, com participação dos presidentes de Federadas e das Comissões Nacionais Especializadas da Febrasgo (CNEs), da Diretoria Executiva e dos convidados especiais Roseli Nomura, Presidente da CN TEGO, Gustavo Salata, Comissão de Residência Médica, Silvio Fernandes, Conselho Fiscal, e Gustavo Maciel, Assessor da Diretoria Científica.

         Durante o Planejamento Estratégico houve ênfase também para os processos de gestão. Foi criado um grupo multidisciplinar com visão crítica, a fim de propiciar sinergia entre as diferentes áreas da FEBRASGO, bem como se discutiu a elaboração iniciativas de longo prazo e a definição de objetivos.

Plenárias

         Em 18 de janeiro, duas plenárias debateram os aspectos relacionados à gestão moderadas por Fernando Cardoso, proprietário da Consultoria Heutagus, executivo de enorme expertise em consultoria para empresas como Sanofi, Novo Nordisk e Galderma.

         Os presidentes das CNEs trabalharam a pauta Arqueologia Organizacional - Redescobrindo nossos tesouros, sob a qual analisaram as principais entregas de 2017 e como melhorar resultados a partir de agora. Estiveram em foco: controle financeiro do CBGO e da FEBRASGO; busca ativa de sócios; melhoria da grade científica do Congresso; posicionamento sobre abortamento e descriminalização, entre outros assuntos.

         Já os presidentes das Federadas destacaram, no painel Matriz de Papéis e Responsabilidades o que esperam receber e entregar como entes da Febrasgo. Foi um importante momento de reflexão e, mais do que isso, também de assumir compromissos com a instituição e em prol dos tocoginecologistas.

         O segundo dia de trabalho tece dinâmica diferenciada, com todos trabalhando em conjunto, em uma só plenária, mas debatendo os seis principais pilares de atuação da Febrasgo, divididos em pequenos grupos: Organização (nove participantes), Educação Continuada (nove participantes), Comunicação (nove participantes), Defesa e Valorização Profissional (oito participantes), Congresso (nove participantes)  e Financiamento (cinco participantes). Foram elencados pontos primordiais que devem ser desenvolvidos, aprimorados ou implementados a partir de agora. Cada grupo elegeu um líder e um suplente, responsáveis por colocar as ideias em prática durante 2018.

Deixe um comentário